quarta-feira, agosto 29, 2007

O povo é quem mais te ordena!



Imagem in Deviantart- Body I by ~pixieonprozac

Porque pensas tu

Ser mais dono da razão…

Só porque a sorte te sorriu?


Também eu, um belo dia …

Dei o meu olhar de bandeja

com ternura e dedicação

para que todos os cegos

pudessem ver as cores deste mundo

e enterrassem no horizonte

o seu melancólico mar de cinzas.


Julguei ser a mulher mais abençoada do mundo…


Para quê?

Hoje são eles

que solidários com a minha negritude

arrancam-me os olhos

e cruzam os braços quando outros

se divertem a pintar o meu olhar com escuridão .





Hoje, estou aqui …

A despertar de um sonho bom com o coração rasgado

envolta num pesadelo nada cor-de-rosa

Tenho marcas fundas e ensanguentadas

que a pele

por mais que seja espessa

não encobre…

Porque todas as ervas daninhas que abraças
têm os seus espinhos bem afiados e escondidos numa vastidão de verde


E eu… só tenho esta eterna transparência

depositada num peito de papel…


Porque não te cravas em mim sem dó

em nome de uma Força maior

e apregoas protecção divina?

Quando trepas para o meu pescoço

com vontade de me sufocar os gritos

eu juro por Deus

que me arranhas os gestos

e que me congelas as veias

com essas pedras geladas

que agora tens na tua mão!


Pelos vistos, sou eu que tenho o diabo no corpo…

Por isso, vai salvar

todos os teus supostos anjos perfeitos

à custa da minha dor …

E como sabes que as chagas em mim

estão sempre na moda.

Ainda vais poder dizer com toda a certeza

que me estás a fazer um favor

e não te sentirás culpado.


Fico tão graciosa

Assim chorosa e a flutuar mais uma vez destruída nos meus pedaços…


Porque não haveria de ficar?

Alguém te disse que sim..

Porque não irias tu acreditar?


Daniela Pereira
Direitos Reservados

2 comentários:

Iu disse...

Sublime transposição de sentimentos em palavras. Musical e quase visual.

blueiela disse...

iu

:) Obrigado pela visita ao devaneios


beijinhos

blue