domingo, setembro 16, 2007

Quando se perde um amigo...




"É com uma felicidade imensa k eu partilho este poema...porque apesar de ser um poema feito de palavras tristes, hoje devolveu-me o sorriso pk essa amizade resistiu a mais uma tempestade.E sinto cá dentro k será uma amizade para a vida inteira :)


Quando sentimos que perdemos um amigo

parte de nós é lágrima que cai desamparada...

mas cá dentro, há um sorriso triste

a recordar os bons momentos

que esta amizade nos deu.

Nasce um vazio

de um todo quebrado

e um mar cinzento

chora despedaçado

pelas memórias que perderam a cor.

Abre-se um buraco no peito

e a enxada deve ter lâmina dura

porque nos escava uma ferida tão profunda

que esburaca o corpo só para nos atingir

em cheio o recheio da alma.


Se eu tivesse uma pedra no lugar

onde vi plantado o meu coração

Talvez,soubesse como impedir

que a dor me roube mais esta seara...



Quando sentimos que perdemos um amigo...

as pernas caminham sem destino

porque os passos esqueceram o seu rumo

e dormem sozinhos junto á estrada.

Há braços com frio

porque sonham com um abraço...

Há um pássaro a baloiçar naquele ramo

mas já sem vontade de cantar

para aquele banco de jardim vazio...

Há palavras sem força suplicando vozes na garganta

e restos de gritos que dela saíram altos demais...

Há quadros pintados com os dedos logo pela manhã

e arco-íris que desmaiam lá pela noitinha...

Há lágrimas abençoadas

que se ajoelham fielmente a rezar por nós

e sorrisos danados a rir do desespero das minhas preces.

Há poemas colados ao tecto

porque querem preservar no céu esta história

sem acreditarem que ela chegou ao fim...

Há sonhos por perto rasgados no chão

e folhas de papel tão teimosas que se recusam a voar para longe...


Ai se eu tivesse asas nas costas

para dar utilidade a todas estas penas!

Se eu soubesse o valor da eternidade dos gestos

e das promessas que se proferem sem olhar.


Mas, porque é que a tristeza me faz pensar

que hoje perdi um amigo...

se ainda ontem sorria tão feliz por o encontrar?


Blue

8 comentários:

calvinn disse...

new born dos que tiveram no campo pequeno:)

blueiela disse...

:)Sempre...a "new born" para ser mais feliz!
Obrigado pela visitinha caixinha de musica e das palavras...beijinhos da blue

Basic_a_mente disse...

Gostei muito de te ler, tens talento :)

Comento este porque conheço bem esse sentimento.

Continua a brindar-nos com a tua magia :)

Heraclita disse...

Bonito! :) well done!

Anónimo disse...

Esse poema serviu muito em minha vida,perdi um amigo que eu pensava jamais perde-lo,passamos por dificuldades na nossa convivencia e esse poema me fez refletir ainda mais sobre o que to passando.Tudo que eu queria era ve-lo outra vez e dizer a el que fui boba mais que acredito que é pra sempre nossa amizade.

blueiela disse...

:)Feliz por ter despertado esperança em alguém...

Obrigado por isso...que essa amizade seja recuperada porque nunca deve ser tarde de mais para redescobrir quem nos ama com abraços...

Anónimo disse...

acabei de perder uma amiga,muito triste vc perder uma pessoa que é uma das coisas coisas mas importantes pra vc.
escrevi esse poema para ela,vamos ver o que ela vai responder,tambem reconheço meu temperamento,quem sabe não foi por isso que nossa amizade acobou,por eu ser uma pessoa que falo e faço as coisas sem pensar nas consequencias
"Rúbia desculpa pelo que eu fiz,queria que vc perdoasse pelo que eu fiz"

blueiela disse...

Quando a amizade é verdadeira custa muito sentir que a perdemos. Espero que este poema ajude a aliviar um pouco a tensão com a sua amiga.Deixe passar algum tempo para a poeira assentar,de cabeça quente muitas vezes não conseguimos ser ouvidos.Lute pela sua amizade, mas respeite os desejos da sua amiga.Talvez ela precise de pensar um pouco.Quando a amizade é sincera e verdadeira jamais se destrói para sempre,tenha esperança*

um beijinho

Daniela