sábado, novembro 07, 2009

O monstro dos olhos cor de terra...





O monstro dos olhos de terra gostava de pavões e de fazer piqueniques com os camaleões que mudavam de pele para fugir dos mauzões...
O monstro dos olhos de terra não tinha pés para andar nem asas para voar mas viajava longe com o pensamento e nunca ficava preso a um só momento porque sabia galopar corajoso nas marés...
O monstro dos olhos de terra não era mau mas também ninguém lhe dizia que ele era bom ..ninguém lhe dizia "gosto de ti" e o monstro gostava de tanta gente que às vezes até lhes esquecia do nome e apontava todos num caderninho que nunca chegava ao fim...
O monstro dos olhos de terra metia medo porque tinha sempre os olhos inchados e nunca sorria..tinha a boca apontada em direcção ao chão e dos seus olhos caíam lágrimas mais pesadas que os rochedos que ele contemplava na praia.Por isso todos fugiam dele com medo que as suas lágrimas os pudessem esmagar.Mas o que ninguém sabia é que as lágrimas do monstro com olhos de terra só pesavam na alma dele...ao chegar ao chão eram leves e quentes..só sabiam a vapor...
Como ele gostava de ter um coração camaleão que esconde-se a sua dor plantada nos seus olhos de terra....Talvez mais ninguém tivesse medo do seu triste abraço se ele pudesse fingir que o seu coração também sabia sorrir..Então não teria mais uma sombra para carregar nas suas largas costas e seria mais uma montanha feliz por semear...

Daniela Pereira in Contos sem pés nem cabeça mas de coração cheio
Direitos Reservados

1 comentário:

Susana Garcia disse...

tAo engraçados os teus contos ,são bons para ler e reler e para ler também á noite antes de ir dormir,gosto muito do que escreves amiga Daniela.
Também gosto assim de escrever alguma coisa para crianças tenho pensado nisso também,e até me deste umas ideias de como escrever estes pequenos contos,ou colectanea de contos lol.
beijinhos