sexta-feira, abril 26, 2013

Raio x

Nada encontro que me explique...que me resuma em poucas linhas e em delicados traços. Nos meus olhos moram curvas que o tempo não esbate...
Eu sou... e acabo aqui a frase sem nada iniciar porque a promessa de nascer feliz calou-me o crescimento.

3 comentários:

Ninna Lollitta disse...

Que a felicidade te faça crescer devagarinho, para não doer! ;) Beijinhos!

blueiela disse...

:) A felicidade deve ser bebida em conta gotas para não envenenar por excesso a humildade de cada momento. beijinhos *

Ninna Lollitta disse...

<3 <3 <3 A felicidade é como o álcool: quando te acostumas o corpo cria tolerância e cada vez aguentas maior quantidade... e chegar a um ponto que já não consegues viver sem ela! :D Só que ao contrário do álcool, não te destrói, deixa-te mas saudável! Se for vivida com humildade, claro! ;) Adoro a tua escrita! :D Beijinhos!