terça-feira, março 22, 2005

Beijos agrafados


Como eu queria que as palavras
tivessem beijos agrafados na língua.
Seria mais fácil exprimir o que sinto
sem ser preciso tocar nesses lábios.
E se as lágrimas tivessem espelhos
em cada gota que cai?
Então seria transparente aos teus olhos a dor do meu rosto.
Não sei perfumar pensamentos...
Nem saberia que aroma escolher
para este mundo de emoções onde transbordo.
Tenho momentos...mas não são mais do que isso...momentos...
Em que sinto vontade
de arrancar todos os versos
como se eles fossem espinhos
e o meu peito a rosa onde eles estão cravados.
Mas depois olho para eles só mais uma vez
e aos meus olhos eles já não são mais espinhos...
São lindas pétalas azuis que coloram a minha breve negritude.
Então fico tonta a contemplar a sua beleza
e esqueço as feridas que eles rasgam na pele
e esqueço as lágrimas que neles choro .
Quando o poema chega ao fim
eu só tenho olhos para o sorriso doce
que saboreei nos beijos de papel
e esqueço tudo o que sonhei com a folha ainda em branco.

4 comentários:

Betty Branco Martins disse...

"Não sei perfumar pensamentos...
Nem saberia que aroma escolher"

Mas eu sei o que te dizer;
em pensamentos de carinho
em palavras (LINDO... BELO!) perfumados, este teu poema "Beijos agrafados"

Uma PÁSCOA FELIZ

Um beijo
Betty

blueiela disse...

betty,


Olá!

Obrigado pela tua presença sempre terna nos meus Devaneios! :)
Agradeço e retribuo os votos de uma Páscoa Feliz e acrescento um beijo carinhoso...


blue

Anónimo disse...

"Tenho momentos...mas não são mais do que isso...momentos...
Em que sinto vontade
de arrancar todos os versos
como se eles fossem espinhos
e o meu peito a rosa onde eles estão cravados."

Deixe essa louca vontade de arrancar versos florar e continuar a ter momentos como esse onde a rosa deixa os espinhos serem a caneta que compõe sua obras.

(),,()
(=';')
(,('')('')
•´¨)
¸.•´¸.••´¨) ¸.••¨)
(¸.••´ (¸.•`• *Feliz Páscoa!!
Se der passa no meu blog www.jakelinda@brasil.com.br

Beijus

Jack

blueiela disse...

Jack,


Fico feliz pela tua presença no blog! :)

Acho que nem preciso de arrancar os versos cravados no meu peito...eles são docemente colhidos pelas emoções que hoje sinto.

Obrigado pelas palavras e pelo desejo de Feliz Páscoa que retribuo com carinho.

Vou passar pelo teu blog e desvendar os segredos da tua escrita ;)


beijos

blue