terça-feira, junho 17, 2008

Estrelas em pó...




Que importa o sentimento

se é sozinha que o sentes?

Alguém abriu uma janela para ti

com vista para um céu repleto de estrelas

mas deixou-se ficar escondido na sombra

a ver-te a olhar tão sonhadora...

e tu sonhas...

sonhas porque és mais feliz a sonhar...

Tens flores nas tuas entranhas

semeadas sem adubo

mas lindas...

lindas cheias de cor e de brilhos..

tão formosas que elas são

nos seus prateados...

Há aroma de mar nas pétalas

e rios a acenar-lhes nas curvas...

Tens sorrisos nos olhos

e bonecas de louça

esculpidas na tua boca...

tão frágeis os teus lábios magoados...

Que pedra te feriu tão fundo

para fugires até das rosas

que encontras no caminho?

A lua está cheia...

cheia de sonhos e de fantasias desesperadas

e mesmo assim a escuridão

ainda chega a nós

que na realidade não sabemos existir...

Que importa o sentimento

que te arrebata os pensamentos

e os gestos mais secretos?

Não és segredo por ti murmurado...

por ti dito sem medo...

Existem coelhos brancos

guardados na cartola...

mas tu não queres magia...

queres a ilusão do sentir

e sentes que o mundo perdeu a cor...

que as estrelas são fabricadas em série

e nenhuma delas é especial...

O teu paraíso tem a janela fechada

e eu não a consigo abrir...

Se eu for uma estrela..

serás que dás por mim

assim tão enevoada?


Daniela Pereira-17/06/08

Direitos Reservados

Foto by DeviantArt-
Introspection by ~NadIksodas

6 comentários:

Silent Raven disse...

Olá, Daniela! Parece que, a cada dia que passa, as tuas palavras ganham uma nova harmonia, um espelho de sentimento tornado mágico pela ternura dos sonhos... Parabéns e continua assim. :D

Beijinho...
Carla

blueiela disse...

:)Carlinha


És um amor...obrigado pelo carinho...
Espero que estejas a colher os frutos bem madurinhos das árvores talentosas que plantas na terra da poesia e das palavras suculentas.

beijinhos

blue

Fairy of dreams disse...

Adorei teu blog.
Sou nova por aqui, espero tua visita também! Vou vir sempre aqui... beijão.

Nilson Barcelli disse...

Belíssimo poema, repleto de imagens muito bem escritas.
Exemplo:
"Há aroma de mar nas pétalas
e rios a acenar-lhes nas curvas..."

Beijinhos

Anónimo disse...

wllÉ escritor?
Quer ver a sua obra publicada?
Somos o seu melhor parceiro… contacte-nos e envie-nos a sua obra!
Só precisamos de si, para que em conjunto possamos crescer!
A PAPIRO EDITORA trata o livro em todas as fases da sua produção e ainda faz a distribuição pelas livrarias parceiras, nomeadamente, Fnac, Bertrand, Almedina, Byblos, Bulhosa e outras de reconhecido destaque nacional, para além de editar com a chancela prestigiante de uma editora.
A nossa linha editorial abrange o romance, o conto, a ficção científica, o ensaio, a crónica, o teatro, a poesia, a literatura infanto-juvenil e ainda livros técnicos.
Por isso, envie-nos a sua obra. Seremos breves na sua análise!
Estamos à sua espera!

Salomé Guerreiro
Coordenadora editorial
salome.guerreiro@papiroeditora.com
Papiro Editora
Tel: 218 931 620
Fax: 218 931 629
Av: D. João II, Lt 1.02.2.2A 1º Esq
Parque das Nações
1990-091 Lisboa

Beatrice C' disse...

Uau *_*

Sem palavras,

está lindo.