domingo, março 15, 2009

Poema de Domingo à tarde...





Não tenho os dedos sujos de tinta esta tarde...
Só exibo restos de gotas de vinho tinto e de corações enlameados.
As letras foram à rua por instantes...
Pobre poeta que queimou ao sol toda a sua escuridão...
Silenciou a lua só por um dia...dizem os amantes.
Mas todos dizem qualquer coisa quando mais nada têm para dizer...


Daniela Pereira in Em todas as palavras nada te direi...
Foto por Daniela Pereira
Direitos reservados

3 comentários:

AnaMar (pseudónimo) disse...

Poucas as palavras...Mas intensas, como sempre

blueiela disse...

:)Obrigado AnaMar pelo apreço...

Não estava fácil encontrar uma sintonia com as palavras nesse Domingo...mas houve ali um pequeno instante em que aconteceu paz na minha mente e o poema surgiu...

Volta sempre;)

beijinhos

Luís Miguel - flautas disse...

na foto
só consigo encontrar flores

e são todas bonitas