domingo, maio 17, 2009

Asa e meia..borboleta...





Asa e meia borboleta..só precisas de asa e meia para voar...
Levas o arco-íris mais que perfeito na tua pele de seda e o sol até cora ao ver-te passar...
Sobrevoas a lixeira dos outros e lanças perfume em todos os restos esquecidos...
A noite adora ver-te sonhar livremente e louca quando danças ao som do luar rasgando palavras de fogo no horizonte...Que louca és borboleta quando atiras o teu coração pela boca e ficas a vê-lo suplicar o teu amor...
Asa e meia borboleta..só precisas de asa e meia para voar...
Amas os lírios com a mesma intensidade que amas qualquer folha caída que vês no chão...
Amas o mar que te amedronta e mesmo assim não deixas de o amar...Que destemida és borboleta que voas com espumas passadas enroladas no teu corpo...
Que orgulho sinto de ti borboleta porque és diferente das borboletas que vejo partir rancorosas...tu apenas chegas fiel e doce e ficas eternamente fundida nas pétalas de um qualquer jardim de flores de aço...
Tens mel no coração e não tens vergonha de dizer que te falta o fôlego para o próximo voo porque tens medo de voltar a cair amarga..
Asa e meia borboleta..só precisas de asa e meia e de uma alma remendada para voltar a sonhar...
Se te esmagarem o corpo sabes que a tua alma voará por ti...
Asa e meia borboleta..asa e meia...

Daniela Pereira
Direitos Reservados

3 comentários:

Margarida Piloto Garcia disse...

Esta asa e meia não sei se me deixou sem asa nenhuma se com mil e uma para voar.Fico sempre inebriada pelo que escreves e pela tua originalidade.
Obrigada e um beijo amigo.

blueiela disse...

OLá Margarida

Aqui esta borboleta anda meio empenada ..mas ninguém lhe tira a vontade de voar.;)Existem dores que carregam em excesso o corpo mas as dores de alma são bem piores.Neste momento cortei as dores de alma e regresso aos meus voos :)
E o teu apoio e o apoio de todos que me dão valor na amizade e na escrita têm sido essenciais para ñ ficar pelo chão.Obrigado..digo eu..

beijinhos azuis

blue

Luís Miguel - flautas disse...

eu já disse que gosto dos teus versos?
acho que sim...mas não me importo de repeti-lo!

eu também escrevo.
escrevo coisas - poesia; prosa; letras canções...

e queria dizer-te que a tua poesia, acima de tudo, é muito inspiradora para mim...