sexta-feira, agosto 14, 2009

Estão moribundas as violetas






Tens folhas no cabelo...
Não parecem caídas do Outono mas estão enrugadas
como se o vento as tivesse tentado engolir na primeira ventania que lhe saiu da boca..
Olho de perto... tens flores de papel no cabelo
São violetas de papelão pintadas com aguarelas..
Tens sombras negras ao espelho...
restos de ti que alguém de ti levou sem pedir..
Estás inteira ou deixas-te os teus pedaços num passo qualquer?
Está uma ave presa numa gaiola que canta até enrouquecer..
Não a ouves declarando-se às nuvens que lhe cobrem a voz?
Não quer mais chuva no jardim
nem gotas de água nas suas penas...
Que pena que o ar cheire ainda a tempestade...
Sopro-te as folhas do cabelo...
ansiosa invento um dia de sol
só para te ver dourada
com a pele nua
a dar vida às violetas ...
O Outono está moribundo no teu olhar...

Daniela Pereira in " Estão moribundas as violetas "
Direitos reservados

1 comentário:

Luís Miguel - flautas disse...

tens ventos a passarem nos teus cabelos

e eles agitam-se

tens mãos a passarem no teu coração

e ele agita-se